женская одежда украина женская одежда киев женская одежда харьков женская одежда интернет магазин женская одежда одесса женская одежда купить

Como é feito?

No Japão, os Mangas são normalmente “serializados”. Todas as semanas, um Mangaka (pessoa que faz Manga) desenha um capítulo, de aproximadamente 16 páginas, com, sensivelmente, o tamanho de uma agenda. Este capítulo aparece numa revista (como a Shonen Jump, a Afternoon ou a Hana to Yume), juntamente com os capítulos de muitos outros artistas que têm as suas próprias séries. O mais comum é um artista escrever e desenhar a história, tendo dois ou três assistentes que o ajudam nos desenhos, fazendo os cenários ou acabando os esboços.

Para conseguirem produzir 16 páginas por semana, as histórias são editadas a preto e branco, sendo utilizado um estilo de desenho muito estilizado e rápido de concretizar, característico do Manga. Neste aspecto, ao usar o desenho apenas como um meio e não como um fim, e ao manter as equipas pequenas (é normal a história e o desenho de uma série inteira serem da autoria de uma única pessoa), as histórias dos Mangas estão mais próximas de romances escritos do que de outros estilos de banda desenhada.

Se a história se torna popular, é publicada novamente, mas em livros chamados Tankobon, que são compilações desses mesmos capítulos, com cerca de 170-200 páginas e num papel de melhor qualidade.

Quando uma história atinge muito sucesso, é transformada em versão animada (Anime), depois da sua publicação, ou mesmo durante a mesma. A maior parte das séries que passaram na TV portuguesa utilizaram esta forma de distribuição quando ainda eram Mangas (exemplos: Dragon Ball, Sailor Moon, Rurouni Kenshin, Yu-Gi-Oh, Shaman King, Shin-Chan…). Pokémon foi um dos raros casos em que a versão animada apareceu primeiro. Também de notar que a série Cowboy Bebop, que tem um look muito característico, também apareceu primeiro em versão animada (não foi sujeito ao processo de serialização).

 

clamp
O grupo de Mangakas CLAMP, formado exclusivamente por mulheres.

 

Número 1 da revista Shonen Jump.